Praia do Rosa com crianças: É possível?

10 de janeiro de 2018   |   Brasil, Praia do Rosa, Santa Catarina, Uncategorized

Praia do Rosa com crianças é um assunto recorrente durante as temporadas de verão. Por se tratar de um destino que, inicialmente, foi proposto para jovens, hoje está se tornando uma referência para viagens em família. Frequento a Praia do Rosa desde adolescente, mas ultimamente, minhas visitas se tornaram quase que mensais (por morar muito mais próximo!). Só que agora, com filhos, preciso sempre pensar (e procurar!) atividades para eles. E sabe de uma coisa? Praia do Rosa com crianças é possível e divertido! E para facilitar o planejamento da viagem ou do final de semana por lá, listei alguns pontos interessantes para se fazer (ou para se pensar) na hora de programar os dias com os pimpolhos. Há muitas opções nos arredores também!

O que fazer na Praia do Rosa com crianças?

  • Ir a praia (e a lagoa): Sem dúvida é o que todas as famílias e crianças querem. A Praia do Rosa é dividida em dois cantos – norte (com pouco movimento e preferido pelos surfistas pelas boas ondas) e sul (com bares e maior agito). Sugiro ir com as crinaças no local onde a lagoa do meio se encontra com o mar – lá elas terão a opção de briancarem na lagora onde a água é mais quente. Também há bóias, caiaques e SUP para alugar. Além da praia principal, outras completam as opções da região – Praia do Ouvidor, Praia Vermelha, Praia do Luz, Barra da Ibiraquera, Praia do Siriú, Praia de Garopaba e Praia da Ferrugem. Dá para escolher uma por dia!
  • Sandboard nas dunas da Praia do Síriu: Ou carinhosamente chamado de esquibunda, é uma atividade muito divertida para os pequenos. A Praia do Siriú fica a 9 km ao norte de Garopaba, é bem fácil de chegar, e você ainda poderá aproveitar a ida para um banho de mar. As dunas chegam a alcançar 5 km de largura! É possível alugar as branchas direto no local.
  • Trilhas: Esta dica é para as crianças maiores e mais aventureiras. A trilha da Praia Vermelha é bem sinalizada e rodeada pela mata atlântica. O ponto final é uma praia quase deserta, perfeita para os pequenos brincarem. O início da trilha é pelo canto norte ou Rosa Norte com três kilômetros de subidas e descidas (quase 30 min de caminhada).
  • Lagoa de Ibiraquera: Localizada a poucos quilometros da Praia do Rosa, também é uma ótima opção para as crianças. Prefira ir pela manhã quando a maré ainda está baixa. Há diversos pontos para as crianças aproveitarem ao longo do caminho onde a lagoa se encontra ao mar.
  • Caminho do Rei: Também uma ótima opção para as crianças mais aventureiras. O caminho é uma rua de chão batito, cercada de pousadas e restaurantes e com uma vista linda para a Lagoa de Ibiraquera. Opte por fazer o caminho no final do dia para apreciar o pôr do sol.
  • Passear pelo centrinho: Uma boa pedida para o final de tarde. Há vários restaurantes, bares e lojas interessantes.

E o lugar para ficar?

A Praia do Rosa é cheia de morros – o que deixa a vista das casas e pousadas um espetáculo. Entretanto, dificulta a ida à praia. Há caminhos e trilhas bem sinalizadas, mas procure alugar uma casa ou reservar um hotel perto do mar ou das trilhas. Há hotéis com caminhos próprios para o mar – e costumam ser mais pertos da orla do que as casas. Outra dica é reservar hotéis que tenham atividades e estrutura para as crianças. O Village Praia do Rosa é, sem dúvida, o melhor  em termos de estrutura para crianças. Outros lugares que também possuem uma infraestrutura muito boa são o Morada dos Buganvilles e a Pousada Vida, Sol e Mar.

Onde comer?

Ainda não conheci lugares que tenham espaço kids ou de recreação para as crianças, mas há bons restaurantes onde é possível comer bem. O Tigre Asiático é um clássico – um dos melhores do estado quando se trata de comida asiática. Para comida japonesa, prefira o Ghoen. Margherita é uma boa pedida para uma noite de pizzas saborosas. Para uma boa comida natural e/ou vegana, prefira o  Agridoce Bistrô. O Sapore Di Pasta é uma boa opção para comida italiana.

Observações iportantes

 

Por
Clarissa
Compartilhe este post
Deixe um Comentário
Deixe seu Comentário