Florianópolis: quando ir e onde ficar

17 de novembro de 2015   |   América do Sul, Brasil, Florianópolis, Santa Catarina

Essa é uma pergunta bem recorrente! Onde ficar em Florianópolis? ou Quando ir para Florianópolis? Florianópolis é a capital de Santa Catarina. Basicamente está localizada em uma ilha mas há bairros que ficam no continente como Coqueiros e Estreito (O que conhecer na parte continental de Florianópolis). Mas se você quer curtir o que a ilha tem de melhor, vai acabar ficando a maior parte do tempo na ilha. Moro em Florianópolis há 4 anos e neste tempo aprendi muito sobre locomoção e sobre lugares. A maioria dos visitantes acaba vindo no período de alta temporada (dezembro a fevereiro) onde a ilha fica lotada! E é aí que entram minhas dicas! Não importa se você vai querer hotéis luxuosos, hostel ou pousadas.. tem opções para todos os gostos! Mas a localização, é fundamental!

Beira Mar Norte - Florianópolis

Beira Mar Norte

Florianópolis no verão

Se locomover em Florianópolis é um grande problema no verão. A alta temporada, ou seja, o verão, é o período entre dezembro a fevereiro (ou até o carnaval). A ilha está cheia de turistas e o transito é caótico. Nesta época, sugiro que você escolha seu hotel/pousada/hostel em uma região que queira explorar mais. Explico: não adianta reservar um hotel no centro de Florianópolis e querer ir para as praias todos os dias. Você vai acabar ficando mais tempo preso no congestionamento do que aproveitando o mar. Se você quer aproveitar as prais do norte da ilha (As praias do norte da ilha parte I e As praias do norte da ilha parte II) fique em uma das praias do norte da ilha! É furada ter que atravessar a ilha para curtir as praias. Salvo alguns casos específicos onde você queira realmente conhecer uma praia longe da onde você está. Para isso, saia de casa bem cedo (antes das 9h)  para fugir do transito e não volte entre 16h e 20h (vai por mim, vai ter fila!).

Se puder, não fique no continente – os preços serão mais convidativos mas o estresse em atravessar a ponte todos os dias acabarão com a sua diversão. Vale mais a pena ficar nas praias caso seu interesse sejam as praias! Os preços também acabam subindo nesta época, não só das hospedagens mais também dos restaurantes e atrações. O sistema de ônibus é como qualquer outra cidade brasileira (Florianópolis: como chegar e como se locomover na ilha) e andar de carro só vale a pena em horários alternativos (antes das 9h e depois das 20h). Por isso digo e repito: escolha um hotel na região onde queira explorar mais! Simplesmente para não se aborrecer com o transito. Período entre Natal e Ano Novo o transito realmente complica!

Florianópolis em Março e Abril

Para mim é a melhor época de aproveitar a cidade! O transito está tranquilo, o tempo está firme (não chove no final do dia), o pôr do sol é lindo, o clima ainda está quente, as praias estão mais vazias e os preços baixaram! É onde começa o meu verão e de todo florianopolitado ou “manezinho” Vai por mim, se puder escolher, venha depois do carnaval! (Opção de passeio na terra e no mar). PS: O agito é menor. Se você quiser realmente agito, venha no verão!

Florianópolis entre Abril e Novembro

Uma cidade como outra qualquer: temperatura amena, um pouco de vento, chuva. Não faz muito frio como em outras cidades do sul mas fica complicado para pegar uma praia (salvo em alguns dias mais quentes de outubro e novembro – e início de abril). Aproveite para conhecer o Centro Histórico, ir ao Mercado Público, conhecer nossos restaurantes fabulosos e experimentar nossas iguarias como as ostras, polvos e camarões!

Áreas e Prais

Florianópolis é dividido em cinco áreas: Central, Norte, Leste, Sul e Continental.

Praias de Florianópolis

Principais praias de Florianópolis

Região central: A região central de Florianópolis é o marco histórico, político, comercial e cultural da cidade. A Beira Mar Norte, principal via de trânsito ao longo da orla, é a avenida mais famosa e umas das mais bonitas de Florianópolis. Se está nesta região, aproveite para fazer uma caminhada na Beira Mar Norte no final do dia e de quebra, ainda ver a Ponte Hercílio Luz iluminada a noite. Aventure-se no Centro Histórico para conhecer um pouco da história da ilha (O que ver no Centro de Florianópolis). Essa é uma ótima região para ficar fora da temporada de verão ou quando seu objetivo não é ir para a praia! Alguns opções:

Os hotéis Sofitel Florianópolis e o Majestic Palace estão localizados na Av. Beira Mar Norte, perto do shopping Beira Mar e são boas opções para ótimas acomodações.  Também de frente para a baía norte e também para a ponte Hercílio Luz (cartão postal da cidade) está o recém reformado hotel Slaviero Florianópolis Baía Norte. Perto da rodoviária e também com vista para a ponte Hercílio Luz temos o Intercity Premium Florianópolis. E ainda no centro, temos o Hotel Blue Tree Towers Florianópolis.

Região Norte: A região norte é a mais populosa durante a alta temporada, pois possui ótima infraestrutura em prestação de serviços e oferece atrações turísticas para todos os gostos, como mergulhos, trilhas, passeio de escuna, banana boat, aluguel de caiaques e dunas. As praias, com suas águas quentes e calmas, são as preferidas. Aqui ficam as praias de Jurerê (Jurerê Internacional é pura badalação. São vários beach clubsday parties e bares. Se você quer agito e badalação, aqui é o lugar certo!), Daniela (super calma e familiar mas com pouca faixa de areia), Canasvieiras, Cachoeira do Bom Jesus, Ponta das Canas e Lagoinha. Ingleses, Praia Brava e Santinho, também fazem parte dessa região e são conhecidas pelas águas mais agitadas e boas ondas para o surf). Em Cacupé, Sambaqui, Santo Antônio de Lisboa e Praia do Forte encontram-se restaurantes típicos com moluscos frescos e arquitetura açoriana. Se irá explorar mais a região norte, fique em uma destas praias: Jurerê, Canasvieiras, Ingleses e Santinho. Elas possuem uma melhor infraestrutura para você e sua família. Confira alguns opções:

O Resort Costão do Santinho é uma ótima opção para quem quer relaxar sem preocupação. Um dos poucos resorts de Florianópolis conta com sistema all-inclusive e muitas opções de acomodações e diversão. Perfeito para famílias! Outra opção para quem quer boas acomodações em Jurerê internacional é o Il Campanário Villagio Resort.

Pôr do sol em Jurerê Internacional

Pôr do sol em Jurerê Internacional

Região Leste: A região leste de Florianópolis é uma das mais belas e atraentes em toda cidade. Famosa por seus atributos naturais, reúne dunas, morros, praias e um dos mais famosos cartões postais da cidade, a Lagoa da Conceição! Aqui também ficam duas praias muito queridas: Joaquina (muito bonita e conhecida por ser reduto de surfistas) e praia da Barra da Lagoa (mais calma e familiar). A Barra da Lagoa (não a praia) possui ótimos restaurantes de frutos do mar! A Lagoa da Conceição possui muitos restaurantes e bares e agitada vida noturna. Também é uma boa opção para quem quer agito! Se quiser ir para as praias, opte pelas: Joaquina, praia da Barra da Lagoa e Praia Mole (O agito das praias do leste da ilha e Um outro lado das praias do leste da ilha). Algumas opções de onde ficar:

Hotéis que valem a visita na Lagoa da Conceição: para os apaixonados, indico o Hotel Boutique Quinta das Videiras. São ótimas opções também a Pousada Vila Rosada e o Hotel Don Zepe bem no Centro da Lagoa da Conceição.

Região Sul: A porção sudoeste da Ilha de Santa Catarina preserva as raízes açorianas. Além da arquitetura da época do Brasil colonial, a freguesia do Ribeirão da Ilha concentra um corredor gastronômico baseado em ostras e mariscos. A Praia do Campeche e a Ilha do Campeche são ótimas opções para visitas. A região sul costuma ter menos agito do que as outras e no verão é muito procurada por famílias. A água do mar é um pouco mais gelada e agitada quando comparada com a região norte (Encantos do Sul da Ilha | Parte I e Encantos do Sul da Ilha | Parte II). Também fazem parte as praias do Matadeiro, Lagoinha do Leste, Solidão, Armação e Pântano do Sul. Há ótimas trilhas nesta região (Trilha Lagoinha do Leste e Trilha Praia dos Naufragados). Algumas opções para ficar:

Dicas gerais para facilitar sua viagem:

  • Reserve com antecedência: a locais acabam ficando lotados na época entre o Natal e Ano Ano e no período do Carnaval. Com antecedência você conseguirá bons lugares e preços.
  • Escolha um hotél/pousada/hostel na região onde você quer explorar ou ficar a maioria dos seus dias. O verão não é uma boa temporada para ficar se locomovendo pela ilha (o transito torna-se caótico)
  • Nem pense em economizar ficando na parte continental. O estresse de atravessar a ponte todos os dias vai arruinar a sua viagem
  • Vem na alta temporada e vai ficar longe das praias? Pegue o transito antes das 9h e não volte no período entre 16h e 20h. Se for cedo, volte perto do meio dia pois você pegará o contra fluxo. Quanto mais tarde deixar para pegar a estrada, mais fila terá.
  • Fique atendo na hora de estacionar! Na maioria das praias (senão todas) é cobrado o estacionamento (o valor fica em torno de R$10 o período)
  • Os restaurantes mais caros são aqueles que ficam bem na entrada principal das praias. O valor também será alto se você pedir para comer na areia. E nem sempre são os melhores!

Leia mais sobre Florianópolis:

Facilite sua viagem:

Por
Clarissa
Compartilhe este post
Deixe um Comentário
1 Comentário
  1. […] Florianópolis: Quando ir e onde ficar […]

Deixe seu Comentário