Ushuaia: 4 dias na cidade mais austral do mundo

24 de junho de 2013   |   América do Sul, Argentina, Destaques, Ushuaia

Nossa primeira impressão de Ushuaia foi espetacular desde o momento do pouso pela janela do avião, totalmente cercados por uma paisagem que predomina a Cordilheira dos Andes com os picos nevados independente para onde eram direcionados os nossos olhares. Essa euforia de apreciar montanhas com neve foi muito aguardada por nós, mesmo porque foi nosso primeiro contato de um visual com essas características. Infelizmente, nossa empolgação foi interrompida por uma má impressão que tivemos na cidade.

Aterrissamos em um domingo perto da hora do almoço e corremos para fazer o check in no hotel, seguir para o centro para almoçarmos e aproveitarmos a tarde para passear. Mas, fomos totalmente surpreendidos pela principal avenida da cidade, a San Martín, totalmente vazia, o comércio e os principais restaurantes recomendados fechados. Mesmo indignados permanecemos dispostos a dar uma nova chance a  cidade mais austral do mundo.

HOSPEDAGEM

Utilizamos o booking para reservar o hotel. Depois de muita pesquisa optamos pelo Hotel Costa Ushuaia, levando em consideração as nossas necessidades e nosso orçamento. Segue uma avaliação da experiência da nossa hospedagem:

– Pontos Positivos: Localização tranquila beirando o Canal de Beagle e uma vista linda para a Cordilheira dos Andes, quartos amplos, arejados, limpos e confortáveis.

– Pontos Negativos: Hotel está longe do centro, aproximadamente 4 Km; não há opções de supermercados e restaurantes nas proximidades do hotel; gasto com taxi; péssimo atendimento dos funcionários e a falta de interesse dos mesmos em esclarecer nossas dúvidas, bem como, descaso em nos passar qualquer informação; e, café da manhã sem variedade, repetitivo e servido com atraso, dificultando o cronograma para os passeios que seguiam os horários previstos.

OPERADORA DE TURISMO

Contratamos todos os passeios com a Pira Tour através de e-mail solicitando o orçamento dos passeios de nosso interesse. O retorno da empresa foi rápido com a apresentação de todos os passeios oferecidos e seus respectivos descritivos, valores e demais esclarecimentos. Também, já veio anexado o formulário de autorização para o cartão de crédito caso fosse de nosso interesse a contratação dos mesmos. Assim que obtiveram a aprovação do cartão recebemos um e-mail de confirmação e os vouchers dos passeios contratados.

Adoramos a praticidade de efetivar a compra dos nossos passeios do Brasil, pois não desperdiçou nosso tempo tomando decisões sobre atividades a serem realizadas. Dessa forma,  exploramos melhor a cidade de Ushuaia.

 

NOSSO DAY BY DAY

1° Dia: São Paulo GRU – Ushuaia

Chegamos em Ushuaia, nos instalamos no hotel e percorremos alguns dos principais atrativos da cidade como a Antiga Casa de Beban (Antiga Casa do Governo Provincial), Avenida Maipú, Píer/Porto, Informações Turísticas, Avenida San Martín e o Canal de Beagle.

Monte Olivia e Monte Cinco Irmãos

Monte Olivia e Monte Cinco Irmãos

Nascer do Sol no Canal de Beagle e o Porto de Ushuaia

Nascer do Sol no Canal de Beagle e o Porto de Ushuaia

Avenida Maipú

Avenida Maipú

2° Dia: Cerro Martial e Navegação pelo Canal de Beagle

 Manhã: Cerro Martial

Acordamos cedo e fomos de táxi para o centro de informações turísticas a fim de obter alguns esclarecimentos sobre qual a forma mais eficaz para visitar o Cerro Martial. Acabamos optando pelo táxi (ARG$ 45,00/trecho), já que tínhamos somente a manhã disponível. Também, é possível percorrer esse trajeto do Centro ao Cerro Martial a pé (7 Km) ou verificar as linhas de transportes públicos ou serviços de vans.

Chegamos com um pouco de antecedência no teleférico e a bilheteria ainda estava fechada. Por sorte, já tinhamos visto uma casa super charmosa, La Cabaña Casa de Té, e resolvemos parar por ali. O lugar é super charmoso e atende como bistrô, café, restaurante e  loja de souvenir com artesanatos e produtos locais. Nosso pedido foi um chá de frutas da patagônia (ARG$ 28,00) com um serviço diferente e super bacana, no qual o chá é servido na mesa com todos os itens utilizados para o seu preparo separados para que você mesmo os acrescente e aguarde o tempo certo para degustá-lo sem pressa.

La Cabaña - Casa de Té

La Cabaña – Casa de Té

A partir da base do Cerro Martial são duas as opções para subida:

-Teleférico: funciona todos os dias das 10 às 16 hs. Em Março/2013 o custo do ingresso era de  ARG$ 65,00 por pessoa ida e volta para moradores do Mercosul. É importante estar com seu passaporte sempre em mãos porque para países do Mercosul há um valor diferenciado para as entradas dos parques e alguns ingressos em toda a Patagônia.

Visual do teleférico da cidade de Ushuaia e do Canal de Beagle

Visual do teleférico da cidade de Ushuaia e do Canal de Beagle

– Caminhando por uma trilha pela lateral. Durante o inverno essa trilha funciona como pista de esqui.

Nós optamos pelo teleférico pela pouca disponibilidade de tempo e valeu a pena para apreciarmos durante a subida uma vista privilegiada do Cerro Martial, mas mal sabiamos que do outro lado haveria uma outra paisagem maravilhosa da cidade de Ushuaia e do Canal de Beagle.  Assim, não houve dúvidas de que acertamos na nossa escolha!

O teleférico tem um ponto de desembarque no qual muitos turistas permanecem somente apreciando a paisagem enquanto  outros se aventuram por alguma das 4 trilhas que partem dali. Como somos adeptos de aventuras e novos desafios seguimos para o trekking ao Sendero Del Glaciar com uma distância de 1 540 mts. O trekking não é impossível, mas exige um minímo de condicionamento físico, pois a maior parte do trajeto é de subida com inclinação (825 mts de altitude) e o tempo estimado para cumprir o percurso é de 45 minutos cada trecho.

Cerro Martial

Cerro Martial

É indispensável o uso de tênis ou botas para trekking, roupas confortáveis, casacos leves (na caminhada você sentirá muito calor), mochila, óculos de sol, protetor solar, protetor labial, água e bastões para trekking.

Fin Del Sendero del glacial

Fin Del Sendero del glacial

Visual lindo lá de cima para a cidade de Ushuaia e o Canal de Beagle

Visual lindo lá de cima para a cidade de Ushuaia e o Canal de Beagle

Tarde: Navegação pelo Canal de Beagle

 A Rumbo Sur oferece 4 opções de roteiros de navegação pelo Canal de Beagle.

A nossa navegação foi pela Ilha dos Lobos, Pássaros e Farol Les Eclaireus, partindo de um catamarã da impresa pela Bahía de ushuaia até entrar no Canal de Beagle onde passamos pela Isla de Los Pásajos para observarmos os pássaros Skúas, Albatros de Ceha Negra, Pato Vapor, Cauquenes e Gaivotas; pela Isla de Los Lobos no arquipélago Bridges para avistar leões marinhos até alcançar o Farol Les Eclaireurs.

Duração: 2:30 hrs.

Tarifa: ARG$ 270,00/pessoa + ARG$ 10,00 taxa portuária/pessoa.

Cidade de Ushuaia durante a navegação pelo Canal de Beagle.

Cidade de Ushuaia durante a navegação pelo Canal de Beagle

archipiélago Bridges

archipiélago Bridges

Farol eclaireurs

Farol eclaireurs

 

Leões marinhos

Leões marinhos

3° Dia: Parque Nacional Tierra del Fogo

Partimos de Ushuaia em direção a Ruta Nacional N° 3 passando pela base do monte Susana até a entrada do Parque Nacional Tierra del Fogo. Já dentro do Parque nossa primeira parada foi na Estación del tren del Fin del Mundo. Esse passeio era opcional e o grupo da excursão se dividiu entre aqueles que optaram pelo trem e outros que seguiram para explorar outras regiões do parque.

Como já tinha lido sobre relatos de outros viajantes em relação ao trem, além de não me sentir atraída pelo passeio achei muito caro para o que ele oferece. Por isso, continuamos com o passeio pelo parque com uma parada na Bahía Ensenada para fazer uma caminhada e apreciar a vista da Isla Redonda y Estorbo e conhecer o Correio del fin del mundo. No tempo estipulado, retornamos para nossa van e fomos encontrar com a outra parte do grupo que optaram por fazer o trajeto do trem e seguimos para uma caminhada no Lago Roca, Laguna Verde y Laguna Negra e para finalizar uma caminhada na Bahía Lapataia (Puerto Arias)

Duração: 4 hrs

Valor do Passeio: ARG$ 270,00/pessoa com transfer + taxa de ARG$ 80,00 da entrada do parque/pessoa.

Opcional do Trem: ARG$ 175,00/pessoa. O passeio de trem percorre o cemitério das árvores, destuídas pelos presidiários, com uma parada em uma pequena cachoeira.

Tren del fim del mundo

Tren del fim del mundo

Bahia Ensenada

Bahia Ensenada

 

Lago Acigami

Lago Acigami

4° Dia: Caminata en Pinguinera

Partindo da oficina de turismo no píer de Ushuaia em um ônibus 4X4, seguimos pela Ruta Nacional N° 3 em direção a Estância Haberton. No trajeto de 90 Km fizemos duas paradas para fotos do Canal de Beagle de um ponto onde é possível avistar o Puerto Willians e a Isla Navarino.

Depois de entrar na Estância Haberton já fomos orientados a nos organizar para pegarmos um barco e navegarmos por aproximadamente 15 minutos até a Isla Martillo. Ao desembarcar na Isla Martillo recebemos todas as recomendações e orientações de como deveríamos nos comportar entre os Pinguins sendo necessário manter uma distância entre eles, tomar cuidado quando eles balançarem muito a cabeça (sinal que irão atacar), não sair da trilha demarcada, falar baixo e não se dispersar do grupo.

Caminhamos cerca de 1 hora entre os pinguins de Magalhães ((Spheniscus magellanicus) que migram para a Isla Martillo em Setembro e permanecem até meados de Abril. A colônia conta com aproximadamente 1000 ninhos, mas também é possível encontrar alguns Pinguins Papúas (Pygoscellis Papua).

Duração: 6 hrs

 Valor do Passeio: USD 95,00/pessoa + Ingresso da Estância ARG$ 60,00/pessoa

Capacidade: no máximo 20 pessoas

OBS: A Pira tour é a única empresa autorizada para realizar esse passeio.

Paisagem lindas no caminho para a Estância Haberton

Paisagem lindas no caminho para a Estância Haberton

Chegando na Isla Martillo e já visualizamos vários pingüins de Magalhães

Chegando na Isla Martillo e já visualizamos vários pingüins de Magalhães

INDICAÇÕES DE RESTAURANTES

Restaurante Tia Elvira 

Pedimos uma merluza negra al roquefort (150 pesos), uma porção de arroz (15 pesos) e uma cerveja Beagle (30 pesos) e o couvert (20 pesos/2 pessoas). Todos pratos são individuais.

Restaurante Kaupé

Esse restaurante exige reserva antecipada. A vista do Restaurante para o Canal de Beagle é linda, o atendimento é bem diferenciado dos demais restaurantes e a comida é muito boa. O único problema que tivemos foi em relação a falta de explicação do funcionamento do mesmo. Fomos encaminhados para a nossa mesa e já nos serviram água, mas nos surpreendemos ao chegar nossa conta que a água não era cortesia (rsrsrs). Foi cobrado ARG$ 10,00/pessoa e taça de água e o couvert (pão francês + patê) ARG$ 15,00/pessoa.

Pedimos uma Centolla ao molho Kaupé (ARG$ 130,00)  e uma Merluza Negra ao Molho de Limão (ARG$ 120,00). Todos os pratos são individuais.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Mariane: Tratando-se de uma cidade com forte vocação turística que vem se esforçando  para quebrar a tendência do turismo sazonal os passeios oferecidos durante o verão atende desde o viajante mais aventureiro ao turista mais tradicional. As agências, os guias e o centro de informações turísticas contam com profissionais extremamente capacitados, atenciosos e cordiais. Outro fator positivo foi na conservação e limpeza dos caramarãs e ônibus disponibilizados para a realização dos passeios. Contudo, a única ressalva negativa que vou abordar é em relação a carência no atendimento do comércio e restaurantes ao turista. Em uma cidade turística acho inadimissível o comércio fechar de 2° a Sábado das 12 às 14 hs para horário de almoço e não abrir aos domingos. Os restaurantes oferecem couverts como entrada, geralmente um pão francês seco com margarina e não há opção de recusa, ou seja, você comendo ou não esse valor é cobrado e deve ser pago na conta, além dos principais restaurantes da cidade não atenderem nos domingos.

André Luis: Depois de uma primeira impressão negativa devo confessar que Ushuaia superou minhas expectativas quanto a variedade dos passeios oferecidos e pela qualidade do serviço prestado. O ponto alto da minha experiência na cidade foi a navegação pelo Canal de Beagle e a Caminata en Pinguinera. Minha única observação a ser feita são sobre os altos custo do ingresso ao Parque Nacional Tierra del Fogo, entrada na Estância Haberton e na alimentação, geralmente pratos individuais e sem acompanhamentos.

Mais sobre Ushuaia

Facilite sua viagem

Por
Mariane Barbosa
Compartilhe este post
Deixe um Comentário
5 Comentários
  1. Ju Denzler   -   em 26 de junho de 2013 17:25

    O lugar parece muito lindo mesmo.. Deu vontade de conhecer com certeza..

    beiJUs

  2. Debora Garcia - Revista de Viagem   -   em 02 de julho de 2013 14:29

    A cidade fica ainda mais bonita no inverno com o Glaciar Martial todo coberto de neve!

  3. Camila Reis   -   em 25 de julho de 2013 17:34

    OI Mariane, vou para Ushuaia no dia 7 e fico até dia 15 de agosto. Em que época vc foi? Será que vou conseguir ver os pinguins e leões marinhos nesta época?

  4. Alexandre Manoel   -   em 25 de julho de 2013 22:03

    Ja estou de olho nesse destino faz um tempinho, e sempre é bom encontrar bons relatos sobre esse lugar.

    Mas uma dúvida. Da para aproveitar em apenas 4 dias?

  5. Alexandre   -   em 15 de março de 2014 17:38

    Oi, Mariane. A cobrança do pãozinho acontece em toda a Argentina. Chama-se “cubiertos”, é como se você pagasse pelo uso dos talheres, pratos e copos. Eu também acho essa cobrança bem antipática, pois a gorjeta é por fora. Mas alguns restaurantes já aboliram a cobrança.

Deixe seu Comentário