14 Jul

Enxoval do bebê nos Estados Unidos: O que realmente valeu a pena comprar

Mais de um ano após fazer o enxoval do bebê nos Estados Unidos (mais especificamente em Miami), me sinto bem a vontade para escrever este post e analisar o que valeu a pena comprar. Quando estamos grávidas do primeiro filho, queremos comprar tudo e mais um pouco (por experiência própria rsrsr) e quase nunca pensamos no que realmente iremos precisar no primeiro ano do bebê. Antes do Augusto nascer, eu escrevi o post – Compras para o enxoval do bebê em Miami: O que e onde comprar  com todos os itens que compramos. Mas agora, vamos ao que interessa:

Esperando as bagagens no aeroporto :)

O que valeu a pena comprar:

  • Soothie: São chupetas para acalmar o bebê e evitar cólicas. Foram muito bons e não vendem no Brasil. Augusto usou até os três meses quando cessou as cólicas. Em algumas crises, o soothie o acalmava e ele até dormia!
  • Carrinho e bebê conforto: Apesar do volume, valeu muito a pena pois pagamos lá, menos da metade do preço que estava sendo ventido no Brasil (pelo menos o modelo que queríamos). O Augusto usa o carrinho até hoje (e o já levamos até para a África do Sul!). Optamos por qualidade e facilidade e não nos arrependemos! Eu sei que é um item de bastante volume mas a diferença do preço compensou :)
  • Tapete de atividades: É um item grande mas a diferença de preço compensa! Augusto usou até começar a engatinhar.. e ficava horas treinando as trocas de posições e se divertindo (o que me dava mais tempo para fazer outras coisas da casa).
  • Babá eletrônica: Esse item vale a pena comprar fora do país pois a diferença do preço compensa muito! Nem preciso dizer que usamos até hoje :)
  • Lixeira: É um item grande mas que vale a pena! É uma lixeira que empacota as fraldas em sacos plásticos sem deixar odores do ambiente! Cabe até 260 fraldas em uma lixeira sem causar mal cheiro no quarto. Compramos também refil para 1 ano de uso da lixeira (que durou 1 ano e três meses).
  • Roupas, calçados e afins: Comprei roupas para o Augusto para até 1 ano de idade! Vale muito a pena! Roupas boas, bonitas e de ótima qualidade. O preço e a qualidade compensam MUITO!
  • Babycook: É uma “maquina” de fazer papinhas. Ela cozinha os alimentos no vapor e após, você poderá triturá-los em pedaços de diferentes tamanhos para fazer as papinhas. Como não costumo cozinhar, pra mim foi uma mão na roda! Faço a quantidade certa de comida para o Augusto (e em 20 min). A diferença do preço é grande e é um item que caberá na mala :)
  • Mordedores e brinquedos: Alguns brinquedos valeram a pena – como a girafinha, os brinquedos da einstein, os mordedores (aquele em formato de milho alivia muito o desconforto dos dentinhos!)..
  • Bolsa de viagem: É aquela bolsa que você leva as coisinhas do bebê para lá e para cá. Comprei super barato e de uma qualidade muito boa. Tanto que ainda está super nova! Aqui no Brasil os preços são altos para as bolsas boas. As bolsas mais baratas não tem muita qualidade.

Seguro viagem america do norte 468x60

O que eu deveria ter comprado:

  • Balancinho automático: O preço estava muito bom mas optei por não comprar devido ao volume. Quando cheguei ao Brasil, o preço estava nas alturas. Acabei não comprando o automático e optando pelo manual. Augusto usou até os 8 meses.
  • Cadeirinha para carro: Também não compramos lá e deixamos para comprar no Brasil quando o Augusto tivesse idade. Que pena! Poderia ter economizado muitoooo comprado lá. Os preços praticados no Brasil são absurdamente caros!
  • Cama inflável: Não comprei lá e acabei comprando no Brasil por quase 3 x mais! Usamos bastante quando viajamos e sabemos que não há berço no local.
  • Mais roupas! Cada vez que vou comprar roupas para o Augusto no Brasil me dá uma dor no coração..
  • Carrinho do tipo guarda-chuva: Os modelos lá fora tem preços bons, qualidade, são leves e nós poderíamos ter trazido na bagagem. No Brasil, aqueles que gostamos, custam 4 x mais do que nos Estados Unidos ;/

Itens que comprei mas que não fizeram muita diferença: 

  • Itens como bicos, mamadeiras, chupetas e afins: A diferença de preços não é grande e os modelos e opções que haviam lá também eram vendidos no Brasil.
  • Pomadas para assaduras, cremes hidratantes ou de tratamento para os seios: Todos têm para vender no Brasil e os preços são muito parecidos.
  • Copos de transição, talheres, pratos: A mesma coisa – comprei porque já estava lá mas se for para priorizar, compre os itens que tiverem diferença de valor grande ou que não há no Brasil.

Se eu lembrar de mais alguma coisa, vou anotando tudo por aqui.

Se eu viajaria novamente para comprar itens para o próximo filho? Claro que sim.. Mas com mais calma e sabedoria.. :)

Leia mais sobre Miami:

Facilite sua viagem:

Categorias: América do Norte, Compras, Estados Unidos, Miami
25 Jan

12 coisas para fazer em Miami, Miami Beach e arredores

O que fazer em Miami é uma pergunta complicada. Sempre digo aos leitores e amigos que irá depender muito do seu objetivo de viagem. A primeira vez que fomos para Miami, aproveitamos para curtir as praias e descansar. Nesta última vez, fomos para fazer compras. Por isso, antes de planejar o que fazer em Miami, defina os objetivos da sua viagem. Depois, escolha o que fazer na cidade. Miami tem inúmeras opções de lazer, restaurantes, compras e afins… Para facilitar aprogramação de viagem, organizamos uma lista de 12 itens para fazer/conhecer em Miami, Miami Beach e arredores para quem está visitando pela primeira vez e tem dúvidas de como preencher os dias pela cidade :) Só lembrando que Miami e Miami Beach são lugares diferentes mas você acaba considerando a mesmo região para fins turísticos.

10 coisas para fazer em Miami, Miami Beach e arredores: South Beach

South Beach

1) South Beach e Ocean Drive

Também conhecida como SoBe ou The Beach, South Miami é a área mais popular e fica entre a 1st e 25th street em Miami Beach. É um dos trechos de praia mais badalados da região. Você pode ir a praia, caminhar ou curtir os bares e restaurantes da avenida beira-mar – a Ocean Drive. Ocean drive está sempre animada e cheia de gente! Uma das marcas registradas são os coqueiros enfileirados por toda orla. O único porém são os estacionamentos. Os poucos lugares são muito disputados. Quando vou, costumo deixar em estacionamentos privativos. Outras opções de  praias e parques são a North Beach (uma praia mais sossegada) e Haulover Park (uma praia bem gostosa e calma com alguns trechos de águas cristalinas). Para admirar o pôr do Sol, vá ao o South Point Park, no final de South Beach!

2) Lincoln Road

Uma rua super conhecida por seus inúmeros bares, restaurantes e lojas. Uma caminhada no final da tarde é uma ótima opção! Você encontrará lojas como Zara, Forever 21, Pottery Barn, Apple e até lojas de marcas brasileiras como as Havaianas e Melissa. A Collins Avenue também tem uma seleção de lojas de designers famosos.

3) Art Deco District

O Art Deco District foi classificado como National Historic Site em 1979. É um bairro de Miami Beach conhecido por seus mais de 800 prédios construídos entre 1923 e 1843. Uma das características principais são os tons e a arquitetura única. Outro ponto que vale a visita é o Art Deco Museum, um museu que conta a história dos 100 anos de Miami Beach. De lá, saem tours para conhecer os prédios mais famosos do bairro – Park Central (entre a 6th e 7th st), Lummus Park (Ocean Drive e 7th St), Casa Casaurina (foi a casa de Gianni Versace), The Tides hotel (Ocean Dr entre 12th e 13th St), Carlyle Hotel (1250 Ocean Dr), National Hotel (1677 Collins Ave) e Delano (maior prédio em Miami Beach, construído em 1947).

4) Winwood/Art District

Todo decorado com murais de grafiteiros famosos, pode parecer deserto na maior parte do tempo, mas seus armazéns cobertos de grafites são sedes de galerias, museus e ateliês de arte. Aproveite para caminhar pelas ruas e admirar as imagens. No segundo sábado do mês as portas dos atêlies são abertas a partir das 19h. Galerias que valem a visita: A Margulies Warehouse ( 591 NW 27th St) e a Atelier 1022 (450 NW 27th St, 2nd Level)

5) Miami Seaquarium

É considerado o maior aquário do sul da Flórida. Foi aberto em 1955 e é uma ótima opção para quem está com crianças e/ou quer assistir a alguns shows. Além das orcas e golfinhos, tanques com crocodilos, tubarões e leões-marinhos podem ser visitados. Chegue cedo para acompanhar os shows pois alguns terminam antes das 15h.

Endereço: 4400 Rickenbacker Causeway Miami, FL 33149
Horário: Aberto todos os dias das 9h:30min ás 18h.
Preços: Adultos $39.95 + taxas e crianças de 3 a 9 anos $29.95 + taxas.
Estacionamento: US$8.00

6) Jungle Island

Mais uma atração com animais e perfeita para levar as crianças em Miami. Nada mais é do que um parque/zoológico com espécies animais diferentes. São mais de 3000 animais e plantas. Algumas espécies chamam a atenção como o Liger (cruzamento de leão com tigre) e Lemur (personagem do filme Madagascar).

Endereço: 1111 Parrot Jungle Trail  Miami, FL 33132
Preç0: Adultos $34.95 + taxas e crianças de  3 a 12 anos $26.95 + taxas.
Estacionamento: US$8.00

7) Passeio de barco em Biscayne Bay

Um passeio de aproximadamente 90 min onde você poderá conhecer casas de milionários e diversos artistas como Shakira e Ricky Martin. Biscayne Bay é a baía ao redor de Miami, Miami Beach e outras ilhas. Um passeio de barco por Biscayne é ótimo para relaxar e curtir o visual de Miami. Os passeios saem, normalmente, do Bayside Marketplace e podem ser comprados no próprio local.

8) Assistir a um jogo de basquete

Uma das coisas que sempre me programado para fazer é assistir a um jogo de basquete do Miami Heat (time de basquete de Miami) na American Airlines Arena. Os ingressos podem ser comprados no Ticketmaster. A American Airlines Arena também é conhecida pelos grandes shows. Você pode conferir as datas e comprar os ingressos também no Ticketmaster. A temporada da NBA vai de outubro a maio/junho.

9) Vizcaya Museum and Gardens

Nada mais é do que uma residência com decoração em estilo europeu e rica em detalhes. Ela foi planejada entre 1914 e 1916 para ser a mansão de inverno de James Deering. A Vizcaya fica às margens de Biscayne Bay e possui jardins lindos que convidam para um passeio. É um programa que vale a pena para quem gosta de arquitetura e história. Além do mais, o local é super agradável para uma tarde refrescante!

10) Compras

Miami é o paraíso das compras para os Brasileiros. São inúmeras opções! O maior centro de outlets dos Estados Unidos está no Sawgrass Mills (55 km do aeroporto de Miami e a 25 km do centro de Fort Lauderdale). A maioria das minhas compras eu fiz por lá. Dois outros grandes shoppings são o Dolphin Mall (bem pertinho do aeroporto de Miami) e o Aventura Mall (meio do caminho entre Miami Beach e Fort Lauderdale).  O Bal Harbour Shops é o shopping mais chique da cidade onde há as lojas das marcas mais famosas do mundo. Há lojas de grandes grifes também na Lincoln Road e na Collins Avenue em Miami Beach. Se você está indo para Miami para fazer o enxoval do seu bebê, leia este post: Compras para o enxoval do bebê em Miami.

11)  Fort Lauderdale

A cidade vizinha de Miami vale uma visita caso você esteja com tempo. Um bate-e-volta de um dia é perfeito! A cidade é conhecida como a Veneza norte-americana pois possui inúmeros canais e hidrovias. Faça um passeio pelo Riverwalk (um calçadão para uma caminhada bem agradável e ainda dará para acompanhar um pouco dos barcos pelos canais da cidade) e pela orla central da cidade (com uma praia bem calma com vários bares e restaurantes à beira-mar). Para conhecer a cidade de um modo divertido, experimente o water táxi, um táxi aquático que passa pelos principais locais de Fort Lauderdale e Hollywood Beach. É possível ainda descer e subir nas paradas quantas vezes achar necessário :) E por fim, visite a Las Olas Boulevard, uma rua que concentra o comércio da cidade e onde há bons restaurantes e bares. De carro, a viagem dura aproximadamente 30 min.

12) Key West

A área continental mais ao sul dos Estados Unidos tem paisagens deslumbrantes. É composta por ilhas com praias lindas e ótimos hotéis. É perfeito alguns dias de calmaria, curtindo as belas paisagens e águas cristalinas. As pontes que dão acesso também proporcionam belas vistas! De carro, a viagem dura aproximadamente 3h.

Leia mais sobre Miami:

Facilite sua viagem:

Categorias: América do Norte, Estados Unidos, Miami
12 Jan

Vale a pena alugar um carro em Miami?

Em uma simples resposta? Vale a pena alugar um carro em Miami! Fomos em dezembro para comprar o enxoval do bebê em Miami e ficamos 7  dias. Miami é uma cidade grande e a maioria das lojas e atrações ficam espalhadas pelos diversos bairros e cidades vizinhas. Por mais que alguns hotéis forneçam transporte para os principais outlets, nada como alugar um carro em Miami para facilitar os deslocamentos, ter liberdade de ir e vir a hora que em entender, ter conforto e praticidade!

Vale a pena alugar um carro em Miami?

Vale a pena alugar um carro em Miami?

Como alugar um carro em Miami

Nós alugamos um Sedan Médio (Cruze da Chevrolet) ainda no Brasil através da Rental Cars, a mesma empresa que alugamos o carro em Orlando. A Rental Cars é uma empresa super correta e disponibiliza vários modelos de carros com diferentes preços das principais empresas de aluguel como a Hertz e a Alamo (duas que costumamos alugar). Fazendo a reserva no site, você escolhe o tipo de carro, a empresa da reserva, o local de retirada e entrega do carro e quantas diárias você ficará com ele. Depois de confirmada a reserva, imprima o voucher e leve-o para retirar o carro. Nós sempre retiramos e entregamos o carro no aeroporto para facilitar os deslocamentos. Quando chegar no local de retirada, é necessário apresentar a carteira de motorista válida do condutor (pode ser a brasileira ou a internacional) e um cartão de crédito para o pagamento. O tanque de combustível vem cheio. Você poderá devolvê-lo vazio (mas pagará caro pelo litro) ou enchê-lo em algum posto de gasolina (nós sempre devolvemos o tanque cheio pelo valor do litro ser mais barato). Alugamos também um GPS – que ajudou muito!

Com todas as taxas, valores das diários e o aluguel do GPS, o valor total ficou em US$294.73 para 7 dias. Prla facilidade e conforto, valeu muito a pena! Ainda mais para nós que fomos para fazer compras! Para encontrar o hall das empresas de alugueis de carro nos aeroportos, siga a placa escrita “Rental Cars”. Todas as empresas ficam lá. Depois é só retirar o carro no pátio das empresas :) A entrega também é no mesmo pátio.

Seguro viagem america do norte 468x60

Lembre-se que o pagamento deverá ser feito com um cartão de crédito. O mesmo que você fez a reserva pelo site! Então, não esqueça de autorizar o uso no exterior. Para nós foi uma mão na roda! Somos fãs de transporte público fora do Brasil mas em cidades onde o transporte não é tão eficaz (como Orlando e Miami) aconselhamos alugar um carro. É um bom investimento. A noite, deixávamos no estacionamento do hotel, sem custos adicionais. Fomos para todos os lugares que queríamos e no horário que queríamos, sem estresse e perda de tempo. Tudo com a ajuda do GPS! 

Dirigir em Miami é super fácil, as estradas são ótimas e muito bem localizadas. Há um pouco de congestionamento nos horários de picos mas nada muito exagerado. Estacionamento nas zonas turísticas pode ser um pouco complicado (Como em Palm Beach ou South Beach). Leve moedas e notas pequenas para os paquímetros ao longo das vidas.

Mas se você for para Miami para descansar e aproveitar as praias, talvez um carro não seja a melhor opção. Pense em seu roteiro. Quais lugares você quer ir? Quer fazer compras? Seu hotel é na praia? Tudo isso deve interferir na sua decisão. Nosso objetivo eram as compras. Ficamos em um hotel longe das praias e perto das lojas. Por esse motivo, um carro foi fundamental! Há um trem que conecta a região do aeroporto de Miami a downtown Miami (Centro de Miami). Mas para ir as praias, você precisará de táxi ou carro. Então, penso no custo x beneficio! :)

Se ainda tiver dúvidas ou quer dar alguma sugestão, a caixa de comentários é toda sua! :)

Leia mais sobre Miami:

Facilite sua viagem:

Categorias: Aluguel de carros, Estados Unidos, Miami
Página 1 de 212