20 Aug

Itacaré por Mariane | Minha Viagem

Hoje quem conta um pouco da sua viagem é a Mariane, nossa super leitora! Ela foi com a família para Itacaré, na Bahia.

………………………………..

Nome: Mariane Barbosa

Profissão: Biomédica

Cidade e País: Florianópolis, SC, Brasil

Roteiro: Itacaré, Bahia

Quantos tempo: 7 dias/5noites

Com quem: Meu pai, minha mãe e meu irmão

Estação do Ano: Verão (Fev/2009)

Hoteis: Hotel Aldeia do Mar Itacaré. Hotel simplesmente maravilhoso! Melhor cama que já dormi na minha vida!! O restaurante também é excelente. http://www.aldeiadomar.com/

Será que alguém amava mais a Bahia que Dorival Caymmi? Esse bahiano demonstrou sua grande paixão pela sua terra natal compondo músicas (Você já foi a bahia?/Saudade da Bahia/O que é que a bahiana tem?/Acontece que eu sou bahiano) que justificam a procura para desvendar as riquezas naturais, culturais e a culinária locais tanto exploradas pelo turismo. Não sei se houve ou há alguma relação entre o compositor e a predileção do meu pai por conhecer a Bahia, mas o fato é que o estado bahiano não o é desconhecido e a cada nova descoberta surge um novo atrativo que o desperta para sempre querer voltar. E em uma oportunidade lá estavámos nós nos preparando para aterrizar em Itacaré.

Itacaré tem uma composição geológica única, sendo formada por uma sucessão de praias com morros cobertos por coqueiros e matas preservadas. Além disso, oferece inúmeras atividades perfeitas que podem ser conciliadas conforme a preferência e o intuito da viagem de cada um, como: ficar tranquilo nas belíssimas praias, fazer trilhas em mata atlântica preservadas para tomar um banho de cachoeira, conhecer os mangues ou aderir a prática de esportes (surf, arvorismo, tirolesa, rafting).

Como chegar em Itacaré: Itacaré está localizada no litoral sul da Bahia e a 70 Km ao norte de Ilhéus, partindo direto pela BA-001 seguindo o litoral.

Passeios e Atrações: Fizemos o Passeio de Caiaque na Praia da Concha, Passeio de Canoa até a Cachoeira do Cleantro, Passeio de Barco por todas as praias de itacaré, Trilha para a praia de Jeribucaçu e Cachoeira da Usina e Trilha para as Praias Resende (você tem acesso a outras duas praias por uma pequena trilha ou pode atravessar pelo mar), Tiririca, Costa e a do Amor. A Trilha que mais gostei foi a de Jeribucaçu – é uma Trilha moderada e você precisa de um pouco de condicionamento físico por causa da inclinação do terreno.

Roteiro:

1° Dia: Chegamos em Ilhéus logo depois do almoço, daí aguardamos o serviço de van para fazer o transfer para Itacaré, no qual houve uma parada para comer a melhor empada da região na Cabana da Empada. O trajeto durou cerca de 2 h e 30 min., incluindo a parada no restaurante e nos hotéis de outros passageiros.

Aproveitamos o final de tarde para curtir a Praia da Concha (tomar um banho de mar, tomar uma água de coco, relaxar nas cadeiras e ver o pôr-do-sol ouvindo um reggae). A praia da Concha é uma praia que tem junção do mar com o rio. Por isso, a cor da água é de um aspecto meio barrento, mas era bem quentinha e limpa!

2° Dia: Manhã: Passeio de caiaque na praia da concha. Optamos por uma empresa que trabalhava ao lado do nosso hotel. Não lembro o valor, mas fomos em um caiaque duplo por 15 minutos. Aconselho para aqueles que nunca fizeram a prática do caiaque contratar um tempo reduzido para avaliar seu condicionamento físico para esse esporte. Também, aproveitamos para fazer uma caminhada ao Farol. Esse tinha como finalidade orientar as embarcações de cacau e após sua restauração ficou sendo o único farol quadrado do mundo.

Tarde: Contratamos no próprio hotel o passeio de lancha para percorrer todas as praias de Itacaré e dar um mergulho em alto mar. As paisagens são magníficas. Vale a pena, mesmo o passeio não sendo muito barato porque você paga o “aluguel” da lancha com o guia por um determinado período. Em alto mar podemos ver as praias: Concha (partimos e retornamos dela), Havaizinho, Itacarezinho, Jeribucaçu, Prainha, São José, Resende, Costa, Tiririca, Ribeira, Engenhoca e passamos pelo Hotel Txai (o mais luxuoso da região).

Noite: Fomos conhecer o centrinho de Itacaré que tem inúmeros restaurantes, lojinhas, artesanatos e muito reggae.

3° Dia: Passeio de Canoa pelos mangues até a Cachoeira do Cleantro. Esse passeio já estava incluso no nosso pacote pela TAM Viagens. O canoeiro também foi o nosso guia e passou muitas informações sobre os mangues e os caranguejos da região. Na época que estivemos por lá estava proibida a pesca dos caranguejos porque era fase de acasalamento.

4° Dia: Trilha para Jeribucaçu + Cachoeira do Cleantro. Esse passeio também já estava incluso no nosso pacote pela TAM Viagens. O guia foi ao nosso hotel e passou todas as informações necessários para darmos início ao passeio. A trilha é um pouco pesada por conta do desnível do solo em decorrência da erosão. A praia é paradisíaca e apresenta um riacho e muitos coqueiros. Não possuí infra-estrutura, mas comi um queijo coalho na brasa maravilhoso. Praia é ótima para o surfe.

5°Dia: Praia Resende + Tiririca + Da Costa: A partir da praia da Concha você chega caminhando em todas elas por pequenas trilhas em pedras ou pelo mar quando estiver com a maré baixa.

Restaurantes, Bares e Cafés: Ficamos restritos ao restaurante do hotel porque amamos a comida, o serviço e a receptividade do pessoal de lá! Recomendo as tapiocas e a moqueca de peixe.

O que mais gostou: Hotel (ótima localização e muito conforto), beleza natural da região e de todas as atividades realizadas.

Não vale a pena: Não incluir Ilhéus e Península de Maraú no roteiro. Ilhéus é a porta de entrada para a região (teria acrescentado pelo menos 2 dias) e a península de Maraú você atravessa de balsa em Itacaré (teria acrescentado pelo menos 3 dias).

O que mudaria: Faria uma viagem mais personalizada (Ilhéus, Itacaré e Península de Maraú) e com mais dias para usufruir com mais calma de todas as belezas da região e conseguir fazer a maioria das atividades oferecidas (15 dias).

……………………….

Obrigada Mariane

Categorias: América do Sul, Bahia, Brasil, Itacaré, Minha viagem