21 Nov

Joe & Leo’s | Porto Alegre

Indicação da Vivian do Blog DICA DE VIAGEM, fomos conhecer esse lugar único em Porto Alegre. Ao chegar já gostei do lugar: temático! O Joe & Leo’s tem decoração que remete ao melhor de vários esportes norte-americanos das décadas de 30 a 50. São raquetes, tacos de golfe, beisebol e polo, capacetes de futebol americano, uniformes de rugby e basquete que dão o tom vintage ao local. Especializado em hambúrgueres, o lugar oferece 18 tipos de burger’s, que variam do vegetariano ao de picanha, com diversas opções de acompanhamentos.

Mas em resumo, o menu mescla receitas americanas, mexicanas e italianas que inclui entradas, pizzas, grelhados, hambúrgueres  massas, sanduíches, sobremesas e bebidas que incluem smoothies, refrigerantes, alcoólicos e cafés.

Nós saímos um pouco da regra e pedimos um Nacho completo (uhuhuh) que custou R$32 com suco de abacaxi com hortelã por R$7. Tudo muito saboroso e crocante… passamos bons momentos conversando e comendo muito! :)

O serviço não deixa a desejar: um garçom para cada 5 meses e um atendimento exemplar e rápido! E não pense que o lugar é chato porque fica em um shopping. Nada disso! O ambiente é totalmente diferente e parece até que estamos distantes do verdadeiro local. Aprovadíssimo!

Joe & Leo’s

Rua Túlio de Rose, 80, Loja 335/336 – Bourbon Shopping Country
Passo D´Areia – Onde fica

TELEFONE(s):

(51) 3362-6297
(51) 3362-6373

 

Cartões: visa, mastercard, american express, dinners
Estacionamento: pago
Horário: Diariamente, 11h30 à 0h.

Categorias: América do Sul, Brasil, Porto Seguro, Restaurantes, Rio Grande do Sul
20 Aug

Itacaré por Mariane | Minha Viagem

Hoje quem conta um pouco da sua viagem é a Mariane, nossa super leitora! Ela foi com a família para Itacaré, na Bahia.

………………………………..

Nome: Mariane Barbosa

Profissão: Biomédica

Cidade e País: Florianópolis, SC, Brasil

Roteiro: Itacaré, Bahia

Quantos tempo: 7 dias/5noites

Com quem: Meu pai, minha mãe e meu irmão

Estação do Ano: Verão (Fev/2009)

Hoteis: Hotel Aldeia do Mar Itacaré. Hotel simplesmente maravilhoso! Melhor cama que já dormi na minha vida!! O restaurante também é excelente. http://www.aldeiadomar.com/

Será que alguém amava mais a Bahia que Dorival Caymmi? Esse bahiano demonstrou sua grande paixão pela sua terra natal compondo músicas (Você já foi a bahia?/Saudade da Bahia/O que é que a bahiana tem?/Acontece que eu sou bahiano) que justificam a procura para desvendar as riquezas naturais, culturais e a culinária locais tanto exploradas pelo turismo. Não sei se houve ou há alguma relação entre o compositor e a predileção do meu pai por conhecer a Bahia, mas o fato é que o estado bahiano não o é desconhecido e a cada nova descoberta surge um novo atrativo que o desperta para sempre querer voltar. E em uma oportunidade lá estavámos nós nos preparando para aterrizar em Itacaré.

Itacaré tem uma composição geológica única, sendo formada por uma sucessão de praias com morros cobertos por coqueiros e matas preservadas. Além disso, oferece inúmeras atividades perfeitas que podem ser conciliadas conforme a preferência e o intuito da viagem de cada um, como: ficar tranquilo nas belíssimas praias, fazer trilhas em mata atlântica preservadas para tomar um banho de cachoeira, conhecer os mangues ou aderir a prática de esportes (surf, arvorismo, tirolesa, rafting).

Como chegar em Itacaré: Itacaré está localizada no litoral sul da Bahia e a 70 Km ao norte de Ilhéus, partindo direto pela BA-001 seguindo o litoral.

Passeios e Atrações: Fizemos o Passeio de Caiaque na Praia da Concha, Passeio de Canoa até a Cachoeira do Cleantro, Passeio de Barco por todas as praias de itacaré, Trilha para a praia de Jeribucaçu e Cachoeira da Usina e Trilha para as Praias Resende (você tem acesso a outras duas praias por uma pequena trilha ou pode atravessar pelo mar), Tiririca, Costa e a do Amor. A Trilha que mais gostei foi a de Jeribucaçu – é uma Trilha moderada e você precisa de um pouco de condicionamento físico por causa da inclinação do terreno.

Roteiro:

1° Dia: Chegamos em Ilhéus logo depois do almoço, daí aguardamos o serviço de van para fazer o transfer para Itacaré, no qual houve uma parada para comer a melhor empada da região na Cabana da Empada. O trajeto durou cerca de 2 h e 30 min., incluindo a parada no restaurante e nos hotéis de outros passageiros.

Aproveitamos o final de tarde para curtir a Praia da Concha (tomar um banho de mar, tomar uma água de coco, relaxar nas cadeiras e ver o pôr-do-sol ouvindo um reggae). A praia da Concha é uma praia que tem junção do mar com o rio. Por isso, a cor da água é de um aspecto meio barrento, mas era bem quentinha e limpa!

2° Dia: Manhã: Passeio de caiaque na praia da concha. Optamos por uma empresa que trabalhava ao lado do nosso hotel. Não lembro o valor, mas fomos em um caiaque duplo por 15 minutos. Aconselho para aqueles que nunca fizeram a prática do caiaque contratar um tempo reduzido para avaliar seu condicionamento físico para esse esporte. Também, aproveitamos para fazer uma caminhada ao Farol. Esse tinha como finalidade orientar as embarcações de cacau e após sua restauração ficou sendo o único farol quadrado do mundo.

Tarde: Contratamos no próprio hotel o passeio de lancha para percorrer todas as praias de Itacaré e dar um mergulho em alto mar. As paisagens são magníficas. Vale a pena, mesmo o passeio não sendo muito barato porque você paga o “aluguel” da lancha com o guia por um determinado período. Em alto mar podemos ver as praias: Concha (partimos e retornamos dela), Havaizinho, Itacarezinho, Jeribucaçu, Prainha, São José, Resende, Costa, Tiririca, Ribeira, Engenhoca e passamos pelo Hotel Txai (o mais luxuoso da região).

Noite: Fomos conhecer o centrinho de Itacaré que tem inúmeros restaurantes, lojinhas, artesanatos e muito reggae.

3° Dia: Passeio de Canoa pelos mangues até a Cachoeira do Cleantro. Esse passeio já estava incluso no nosso pacote pela TAM Viagens. O canoeiro também foi o nosso guia e passou muitas informações sobre os mangues e os caranguejos da região. Na época que estivemos por lá estava proibida a pesca dos caranguejos porque era fase de acasalamento.

4° Dia: Trilha para Jeribucaçu + Cachoeira do Cleantro. Esse passeio também já estava incluso no nosso pacote pela TAM Viagens. O guia foi ao nosso hotel e passou todas as informações necessários para darmos início ao passeio. A trilha é um pouco pesada por conta do desnível do solo em decorrência da erosão. A praia é paradisíaca e apresenta um riacho e muitos coqueiros. Não possuí infra-estrutura, mas comi um queijo coalho na brasa maravilhoso. Praia é ótima para o surfe.

5°Dia: Praia Resende + Tiririca + Da Costa: A partir da praia da Concha você chega caminhando em todas elas por pequenas trilhas em pedras ou pelo mar quando estiver com a maré baixa.

Restaurantes, Bares e Cafés: Ficamos restritos ao restaurante do hotel porque amamos a comida, o serviço e a receptividade do pessoal de lá! Recomendo as tapiocas e a moqueca de peixe.

O que mais gostou: Hotel (ótima localização e muito conforto), beleza natural da região e de todas as atividades realizadas.

Não vale a pena: Não incluir Ilhéus e Península de Maraú no roteiro. Ilhéus é a porta de entrada para a região (teria acrescentado pelo menos 2 dias) e a península de Maraú você atravessa de balsa em Itacaré (teria acrescentado pelo menos 3 dias).

O que mudaria: Faria uma viagem mais personalizada (Ilhéus, Itacaré e Península de Maraú) e com mais dias para usufruir com mais calma de todas as belezas da região e conseguir fazer a maioria das atividades oferecidas (15 dias).

……………………….

Obrigada Mariane

Categorias: América do Sul, Bahia, Brasil, Itacaré, Minha viagem
25 Aug

Roteiro Porto Seguro | 6 dias

Antes da minha viagem a Suíça, Eu e minha família passamos sete dias em Porto Seguro. Saímos de Florianópolis no domingo à noite e chegamos na madrugada de segunda-feira. Ficamos no Hotel Brisa da Praia na praia de Taperapuã (hotel muito bom – recomendo!). Fomos pela TAM e realizamos o seguinte roteiro:

Primeiro dia: Tour pela cidade. Nós fomos a Cidade Histórica de Porto Seguro para visitar a Igreja de Nossa Senhora da Penha, Igreja de São Sebastião, Casa de Câmara e Cadeia, Marco da Posse e Museu de Porto Seguro. Também assistimos a um Show de Capoeira e degustação de cacau, licor de jenipapo e outros produtos típicos. Almoçamos no Tôa-Tôa – em frente ao nosso hotel e ficamos por lá a tarde. À noite voltamos ao Tôa-Tôa, pois tinha uma festa muito agitada com o grupo Ásia de Águia.
 


Segundo dia: Praia de Taípe e Arraial D´Ajuda. Ficam no litoral sul de Porto Seguro. Há uma travessia de balsa pelo Rio Buranhém para chegar, além da rodovia. Seguimos pela estrada do Arraial até chegar à praia de Taípe. Após, fomos em direção a Arraial da Ajuda, onde visitamos o vilarejo e a famosa Broadway, a igreja de Nossa Sra. D’Ajuda, do século XVI, e ao mirante com vista panorâmica. À noite fomos visitar a Passarela do Álcool – uma rua bem movimentada cheia de barraquinhas interessantes com produtos e bebidas locais.

 

Terceiro dia: Passeio no Recife de Fora. Pegamos uma embarcação e fomos em direção ao Parque Marinho do Recife de Fora. O percurso dura 50 minutos, aproximadamente. É possível fazer mergulho de superfície. Eu adorei!!! A experiência foi ótima. Eles alugam todos os equipamentos necessários e não foi muito caro (20 reais). A noite teve um show na barrava Axé Moi – outra barraca de praia bem animada! Todos dias há shows nas barracaslocais. É só escolher uma e se divertir!


Quarto dia: Nós fomos ao Arraial d´Ajuda Eco Park um dos mais belos parques aquáticos e ecológicos do Brasil. Localizado na Praia do Mucugê. Passamos o dia lá. À noite jantamos no hotel e fomos para a Ilha dos Aquários. Eu inventei de fazer aquelas trancinhas no cabelo neste dia! Péssima idéia, meu cabelo ficou um lixo quando voltei. Mas eu experimentei! ;)


Quinto dia: Passeio de chalana – pier de Cabrália e passeio pelo Rio João de Tiba comparadas na ilha Paraíso e na praia de Santo André (uma das mais lindas do Brasil).

 


 

Sexto dia: Praia de Trancoso. Antes de chegar à praia, nós visitamos um vilarejo chamado Quadrado de Trancoso com construções do século XVI como a Igreja de São João, além do mirante com vista da região. Após, seguimos para Trancoso, conhecida internacionalmente por conseguir unir beleza e tranqüilidade. A praia é maravilhosa…. A noite, fomos para o aeroporto para voltar a Florianópolis!



Todos os dias nós alugávamos um Bugre e realizávamos os passeios. Eu acho mais prático do que ficar dependendo dos passeios fechados por agências de turismo.

:)

Fotos do Hotel – Brisa da Praia

Categorias: Bahia, Brasil, Porto Seguro