22 Dec

Lua de Mel em Punta Cana

Decidimos ir passar nossa Lua de Mel em Punta Cana em cima da hora: faltavam apenas 3 meses para o casamento quando compramos a passagem e reservamos o hotel. A escolha do local foi simples: só tínhamos 5 dias úteis de licença para viagem então precisávamos de um lugar bacana e perto para não perdermos muito tempo com os deslocamentos. Pensamos em muitos lugares mas Punta Cana foi a escolhida por ter vôos fáceis do Brasil, praias lindas e bons Resorts. Nosso casamento foi no sábado e embarcamos na segunda-feira de Porto Alegre. Nós planejamos tudo, como sempre :)

Voamos COPA Airlines para a Cidade do Panamá (7h) e da Cidade do Panamá para Punta Cana (2h30min). Punta Cana fica na República Dominicana, ou seja, Caribe! As praias com águas cristalinas e sem ondas, os Resorts all-inclusive, as cidades sem o agito turísticos e os preços camaradas fizeram toda a diferença na hora da escolha. Queríamos descansar nessa viagem :)

Eu considero Resorts uma das melhores opções de como aproveitar a lua de mel, para realmente descansar e curtir o marido, sem horário para acordar e sem compromissos.

Praia de Bávaro – Punta Cana

Depois de escolher Punta Cana como destino e comprar as passagens, chegou a hora de escolher o resort. Decidimos pelo Barceló Bávaro Palace Deluxe pelo preço e pelo que oferecia. E quer saber? Adoramos :) E a praia é nota 1000!

O resort fica na Praia de Bávaro. A propriedade é imensa! O aeroporto está a pouco menos de meia hora de carro. O táxi é tabelado –  custa US$ 28. As piscinas são enormes e ficam bem pertinho da praia, no centro no complexo. Há piscinas infantis, adulto e somente para adultos. Também oferecem diversos níveis de entretenimento.

Ficamos na deluxe junior suite ocean view. O quarto era grande e bem dividido e a decoração é bem moderninha; o banheiro, integrado ao quarto, é bem esperto. O frigobar vem abastecido com água, cervejas, refrigerantes e sucos. A varanda é grande e conta com uma mesa e duas cadeiras e uma jacuzzi.

Deluxe junior suite ocean view

Lembre-se: Quanto mais cara a diária mais o resort oferece e mais você poderá aproveitar!

Mas o lugar mais lindo do complexo é a praia! Cheia de palmeiras e cadeiras o lugar era calmaria só! Ótimo para relaxar, ler um livro ou simplesmente ficar observando aquele mar… O hotel ainda oferece alguns passeios aquáticos como pedalinhos e caiaque sem custos. A água é morna e cristalina :)

Lua de Mel em Punta Cana

Lua de Mel em Punta Cana

Mas escolha bem o seu resort. Afinal, você vai ficar muito tempo no complexo do hotel e quer aproveitá-lo ao máximo. Não adianta sair de casa e passar trabalho na lua de mel!

Outra coisa que você deve levar em consideração é que não existe quase nada além da vida no resort. Somente alguns passeios que pode ser agendado direto do hotel (nós fizemos o famoso Dolphin Island | Nadando com os golfinhos). Então, se o casal quer agito, sugiro não ir para Punta Cana.

Punta Cana é calma e linda, perfeito para fazer atividades ou apenas passar algum tempo juntos :) No nosso hotel havia um café da manhã especial no quarto para quem estava de lua de mel. Além do mais nosso quarto era super confortável, com vista para o mar e tudo mais :) Há 7 restaurantes internacionais para ir jantar em clima romântico e muita outras coisas…

Restaurante Mexicano

Passamos dias sossegados, acordando tarde, curtindo a praia, indo jantar nos restaurantes românticos…

Como os Resorts são all inclusive, acabamos gastando pouco lá. Em tudo (passagem, resort, passeio e deslocamentos) gastamos em torno de R$8.000 o casal.

Vale lembrar que no resort que ficamos há uma opção de jantar romântico na praia por 200 dólares o casal (Club Premium paga 100 dólares) com menu especial – não conseguimos fazer pois todos os dias estavam reservados (é preciso reservar logo na chegada ao hotel).

Vale a pena sim passar a Lua de Mel em Punta Cana! (verifique o mês antes para não ir na temporada de chuvas). aproveite o lugar, curta a praia e passe bons momentos com o maridão :)

Mais sobre Punta Cana:

Facilite sua viagem:

 

Categorias: Caribe, Lua de Mel, Punta Cana, República Dominicana, Resorts
25 Nov

Que tal fazer mergulho em Punta Cana?

Mergulho em Punta Cana  já é uma experiência fascinante! Imaginem, então, mergulhar nas águas cristalinas e quentes com cilindro? Foi o que fiz na nossa lua de mel em Punta Cana, República Dominicana. Enquanto a Clarissa dormia ou se deliciava com as massagens e a hidroterapia do Spa, eu estava fazendo o curso de mergulho, numa escola de mergulho dentro de um resort a 10 min de barco do nosso, a Pelicano Water Sports. Este é o primeiro ponto: verifique se o seu resort oferece curso de mergulho, tanto via e-learning quanto aula presencial, pois só depois de ter terminado o curso é que fui descobrir que o nosso resort (Barceló Palace Deluxe) também tinha toda a equipe instrutores. Isso vai facilitar um pouco, mas não é essencial. Foi até interessante fazer em outro local para dar uma passeada pela região, já que a maior parte do tempo se passa no resort mesmo.

Mergulho em Punta Cana

Mergulho em Punta Cana

Quais os tipos de curso de mergulho em Punta Cana?

A PADI (Professional Association of Diving Instructors) é a líder mundial em se tratando de treinamento para mergulho. Possuem mais de 135.000 instrutores e cerca de 6.000 centros de formação espalhados mundo afora. O material é bem formulado e metódico, facilitando o aprendizado gradual. É a PADI que estabelece as modalidades de curso disponíveis, desde cursos básicos até formação de instrutores.

E por que não fazer o curso de certificação no Brasil?

Esta é uma opção interessante, ainda mais se o curso é oferecido na própria cidade ou seja próximo aos locais de mergulho, por exemplo, Bombinhas ou Florianópolis, em SC. Em relação aos valores, há pouca diferença: o custo no Brasil fica entre R$ 950-1.000. Paguei $ 427,00 (130,00 pela parte teórica via eLearning e $ 297,00 pela piscina e mergulhos), tudo via Paypal.

Quais o pré-requisitos?

Qualquer pessoa em uma boa condição de saúde e que sinta-se confortável na água pode participar. Você precisa ter pelo menos 15 anos de idade para se inscrever para o curso Open Water Diver. Se você está entre 10 e 11 anos de idade você pode se matricular no curso Junior Open Water Diver. Uma vez certificados como Junior os mesmos precisam ser acompanhados por um profissional PADI, pai certificado ou responsável certificado e são limitados a uma profundidade máxima de 12 metros. Importante também é ter tempo, dependendo do curso 1 a 4 dias. Listo abaixo os cursos básicos.

Discover Scuba Diving – Mergulho de Aventura

Este é a forma mais básica e rápida de entrar no mundo do mergulho. Basta um mini-curso teórico de 30 min e 1h de curso prático na piscina para estar apto a fazer seu primeiro mergulho. Pode ser uma opção interessante para quem tem dúvida se vai gostar ou não de mergulhar e não quer investir no curso mais demorado e dispendioso. Custo aproximado: $ 90. No Brasil, entre R$ 150,00 e 220,00.

Scuba Diver – Curso de Mergulho Básico (certificação intermediária)

Essa opção é para aqueles que não têm tempo para entrar num curso de mergulho normal. É um programa que te dá um nível de pré-certificação e é prefeito para quem pretende mergulhar apenas um par de vezes por ano. O Scuba Diver permite que você possa mergulhar sob a supervisão direta de um PADI Divemaster, instrutor Assistente, Instrutor ou qualquer outro profissional de qualificação mais elevada. O tempo necessários são de 2 dias (1 dia para aula teórica e treinamente em piscina e 1 dia para dois mergulhos no mar). Custo aproximado: $ 300,00. No Brasil, R$ 690,00.

Open Water Diver – Curso de mergulho Básico completo (Brevê Internacional PADI)

Essa modalidade foi a que eu escolhi fazer. Na minha opinião é a melhor, pois te certifica para poder mergulhar com amigos em qualquer lugar do mundo, sem a necessidade de supervisão de instrutor, possibilita alugar equipamentos de mergulho, comprar cargas de oxigênio para cilindro, etc. A partir deste curso é que se pode avançar para outros, tipo Open Water avançado, de resgate, de altitude… O tempo necessário é um pouco maior, de 3 a 4 dias (1 ou 2 dias para teoria e piscina, mais 2 dias para 4 mergulhos a profundidade máxima de 18 m). Custo aproximado: $ 430,00. No Brasil, R$ 950,00.

CURSO TEÓRICO

Bom, no conforto de casa fiz a parte teórica do curso, tudo on-line pelo eLearning. Durante 15 dias fiz o curso pelo site da PADI através de vídeos, exercícios, provas, mini-testes. Resumidamente, são 7 sessões (introdução + 6 sessões). Durante cada etapa, vários mini-testes são feitos sobre o assunto visto e, ao final de cada sessão, é necessário fazer a prova: deve-se ter no mínimo 75% de acertos. Em média, cada sessão leva 90 min. Ao final estará disponível o e-record, documento que comprova aprovação em todas as etapas do curso com a nota final e deve ser entregue na escola para iniciar as atividades práticas. O site da PADI é totalmente interativo e vai guiando o aluno a cada passo. Infelizmente ainda não está disponível em português, somente em inglês, espanhol, alemão, japonês, chinês, francês, italiano. No Brasil, o acredito que o material é disponibilizado em Português.

CURSO PRÁTICO

A escola Pelicano Water Sports possui uma infraestrutura bem legal. A maioria dos funcionários, exceto os pilotos dos barcos, são europeus (vários alemães) que estão há anos vivendo em Punta Cana. A escola possui barcos específicos para levar os atletas até os locais de mergulho. Os equipamentos acompanham a evolução do esporte e são bem cuidados. O atendimento é bom e cordial. A língua usada é basicamente o inglês. Mas o espanhol e o alemão também são falados. Geralmente usam lanchas para levas os atletas devolta aos seus resorts depois de um dia de mergulho (legal para ver a costa e os diversos tipos de resort).

1° Dia

 O motorista da escola foi me buscar as 8:30 na recepção do Resort. Foram cerca de 30 min até a escola. Ao chegar conheci os instrutores. A Chris, uma alemã já há mais de 20 anos em Punta Cana, foi minha instrutora. Neste primeiro dia fizemos toda a parte prática na piscina do resort. Revisamos todo o equipamento, como montá-lo e quais as tarefas que teria que treinar na piscina. Na piscina várias tarefas foram exigidas: posição neutra, tirar todo o equipamento e recolocá-lo debaixo d’água, comunicação com os sinais aprendidos, etc. Essas e outras habilidades são fundamentais, pois seriam repetidas nos mergulhos no mar. Perto das 13 h fui levado de lancha de volta ao resort.

Mergulho em Punta Cana

Mergulho em Punta Cana

2° Dia

A lancha que me trouxe no dia anterior me pegou no mesmo local. Chegando à escola, tive de montar meu próprio equipamento sob a supervisão do instrutor, Dave. Feito isso, fomos de barco para o local do mergulho, chamado de Tunnel Reef, uma linda região de corais e águas calmas. Mergulhamos até a profundidade de 12 m. A tarefas aprendidas e feitas no piscina foram feitas debaixo d’água. Infelizmente fiquei enjoado neste dia, pois tomei um café muito reforçado, com omelete, frutas e suco. Aí só consegui fazer 1 mergulho, deixando os outros 3 para o dia seguinte.

3° Dia

Neste terceiro dia fomos mergulhar em dois locais diferentes. Primeiro no Patato e depois no local de um navio russo naufragado em 1978, o Astron Wreck. Fiz o 3 mergulhos que faltavam para receber a certificação. Tomei um café leve (torradas com manteiga) e me preveni com medicação anti-enjôo (plasil). Foi muito legal. A sensação é maravilhosa e a calmaria debaixo d’água é demais! Atingimos a profundidade máxima do local, 15 m. A visibilidade era excelente (30 m). Recebi minha certificação, meu Logbook e fiz alguns amigos, além de levar na lembrança lindas imagens do fundo do mar.

Mergulho em Punta Cana

Mergulho em Punta Cana

Ao longo da costa são mais de 20 locais para mergulho, cada um com sua beleza única e nível de dificuldade. Punta Cana é considerada excelente para intrução ou mergulhadores com pouca experiência, com profundidade máxima de 18 m. A melhor época para mergulhar é de Junho a Setembro, com águas calmas e excelente visibilidade. Evite os meses entre Outubro e Maio, pois é a época das chuvas. Em tese pode-se mergulhar durante o ano todo, só ter um pouco de sorte com a mãe natureza. A temperatura da água fica entre 26-29° no verão e 24-26° no inverno. Mesmo assim, o uso de roupa de neoprene é aconselhável, tanto para proteção quanto para manutenção da temperatura corporal.

Mergulho em Punta Cana

Mergulho em Punta Cana

Resumindo, fiz meu mergulho em Punta Cana e minha qualificação teórica on-line dentro do tempo que dispunha, um pouquinho por dia. Entrei em contato via email com a escola com antecedência para agendar os dias da parte prática e dos mergulhos. De modo geral, achei muito bom, tanto a escola e seus intrutores quanto mergulhar nas águas do Caribe. Certamente voltaremos.

Em breve post sobre meu vício mais antigo: PARAQUEDISMO!… aguardem…

Curso de mergulho em Punta Cana

– Parte teórica

PADI eLearning

http://www.padi.com/elearning-scuba-registration/default.aspx

– Parte prática

Pelicano Water Sport

http://www.pelicanosport.com/flash/english/flashuk.swf

Ocean Blue & White Sands

VIK Hotel Arena Blanca

Bavaro, Punta Cana, Republica Dominicana

Tel. 809-729-4242

Email: Info@pelicanosport.com

Formas de pagamento: Cash/Cartões de crédito/Paypal

Mais sobre Punta Cana:

Facilite sua viagem:

 

Categorias: Caribe, Destaques, Mergulho, Punta Cana, República Dominicana, Turismo de Aventura
06 Nov

Comprinhas no Aeroporto do Panamá

Nas duas vezes que fiz conexão no Aeroporto Internacional de Tocumen na Cidade do Panamá, fomos dar uma passadinha nas lojas do Free Shop e fazer umas comprinhas no Aeroporto do Panamá. Na verdade é um corredor que fica paralelo aos embarques bem na parte central do aeroporto. Há  algumas boas opções bem interessantes de compras, especialmente perfumaria, maquiagem, óculos escuros e eletrônicos.

Entre as inúmeras lojas, a Attenza e a La Riviera são as melhores para quem busca cosméticos e perfumaria. E para quem adora M.A.C (eu!!!) há uma loja bem completinha. Nesta ida para Punta Cana quase perdi a conexão olhando as novidades da loja. Mas ainda consegui comprar uma base (US$ 30) e um corretivo (US$ 18). Também comprei uma almofada de pescoço bem legalzinha naquelas lojas abertas que vendem de tudo (US$ 10). Já na viagem anterior, arrematei o perfume Miss Cherie da Dior (US$ 70).

Comprinhas no Aeroporto do Panamá

Comprinhas no Aeroporto do Panamá

Para quem gosta de roupas não há muitas opções somente as mais conhecidas  Lacoste e Tommy Hilfiger. Fora as lojas das marcas (como a M.A.C), existem duas lojas principais, a La Riviera e a Attenza, ambas vendem de tudo, desde eletrônicos, perfumes, cosméticos, bebidas e chocolate. La Riviera vende Michael Kors! Ainda, existe lojas da Lacoste, Tommy Hilfinger, Valentino e Roberto Cavalli. Os preços ficam entre os praticados nos Estados Unidos e no Brasil – mais baratos do que no Brasil mas um pouco mais caros do que nos Estados Unidos. Aliás estavam um pouco mais baratos do que no Dutty Free dos aeroportos de Porto Alegre e São Paulo.

Como funciona na hora da compra: comidas, bebidas (não alcoólicas) e medicamentos são livres de imposto o preço que está na etiqueta e o preço que você irá pagar quando chegar ao caixa. Os outros produtos terão um acréscimo de 7% em cima do valor bruto que está marcado na etiqueta. Os 7% é o valor do imposto para compras no Panamá. Mesmo assim eu achei que valeia muito a pena quando comprado aos preços e aos impostos no Brasil.

Lembre-se que sua cota de compras é de apenas USD$ 500,00 por pessoa.

Mas se você tem um tempo de conexão grande, os shoppings fora do aeroporto são a melhor opção para as compras. Os destaques são:

MultiPlaza (compras mais sofisticadas) – É possível encontrar lojas como Chanel, Louis Vuitton, Hermès, Guess, Ferragamo, Cartier, Bulgari, Fendi, Emporio Armani, Armani Exchange, Hugo Boss, Diesel, Ralph Lauren, além de lojas como Zara e Mango. MAC Store e Sony Style também estão presentes lá.

Metromall – 10 minutos do aeroporto e tem algumas boas lojas internacionais como Adidas, Calvin Klein, Nike, Oscar de la Renta, Columbia, Payless Shoes, Puma e Tommy Hilfiger). Há uma van (a cada 30 minutos) que faz o deslocamento do aeroporto até o shopping sem custo algum.

Os shoppings abrem todos os dias mas fecham em torno das 20h. No Panamá, além do Free Shop do aeroporto Tocumen, existe um outro free shop no centro da cidade, o Duty Free Amador, que fica no calçadão Amador Causeway.

Lembrando que os brasileiros não precisam de visto para ingressar no Panamá, mas é necessário ter o Certificado Internacional de Vacinação com comprovação da vacina contra febre amarela.

Mais sobre Punta Cana:

Facilite sua viagem:

Categorias: Beleza para Viagem, Brasil, Cidade do Panamá, Compras, Estados Unidos, Panamá, Punta Cana, República Dominicana
Página 1 de 41234