Roteiro de 6 dias na Cidade do Cabo com bebês

18 de agosto de 2017   |   Africa, Africa do Sul, Cidade do Cabo

A Cidade do Cabo é linda e possui muitos atrativos. A geografia lembra muito o Rio de Janeiro – belas praias e grandes montanhas ao fundo. Essa combinação faz com que a Cidade do Cabo seja a cidade mais visitada da África do Sul.

Augusto tinha apenas 10 meses quando viajamos para a Cidade do Cabo. Tinhamos 6 dias na África do Sul e optamos por ficar somente nesta região – já que bebês não podem fazer safaris. Tínhamos um roteiro em mente e o adaptamos para uma viagem com bebês para não cansar demais o Augusto (e nós também). Na prática, nosso roteiro funcionou muito bem e conseguimos aproveitar da melhor maneira possível o que a cidade tinha de melhor! (leia: Cidade do Cabo com bebês: como foi nossa viagem). Vale lembrar que, como estávamos com um bebê de 10 meses, optamos por manter o bem-estar dele em primeiro lugar, então realizamos poucas atividades durante os dias que se passaram :)

Vista aérea da Cidade do Cabo

1º dia:

Chegamos ao nosso hotel (Oxford House) por volta das 14h. Nos instalamos, descansamos e fomos aproveitar o fim de tarde na região portuária da cidade (V&A Waterfront), já que ficava a poucos minutos da onde estávamos. V&A Waterfront é um grande complexo que reúne bons restaurantes, cafés, hotéis, áreas de lazer, entretenimento e um grande shopping. Esse é um dos lugares mais visitados da Cidade do Cabo. Logo em seguida, jantamos em um dos restaurantes do local chamado San Marco Italian Restaurant & Bar (especializado em comida italiana). Antes de voltar ao hotel, passamos no mercado e compramos algumas coisinhas :)

V&A Waterfront

2º dia:

Amanheceu chovendo e tivemos que alterar um pouco os planos. Fomos passar a manhã no Two Oceans Aquarium (aquário super charmoso e perfeito para passear com crianças e bebês!), no shopping Victoria Wharf (cheio de lojas e cafés), no mercado de artesanatos V&A Craft Market (com várias lojas de artesanatos locais) e no Food Market (mercado de comida com várias especialidades locais) – todos localizados na área de V&A Waterfront. Almoçamos no Tasca Restaurant também no V&A Waterfront. O Sol saiu a tarde e fomos conhecer a região das praias – Camps Bay Beach, Clifton Beach e Sea Point. Camps Bay é uma das praias mais badaladas da região com bons restaurantes e hotéis de destaque. Achei uma das praias mais bonitas! É cercada de grandes montanhas como a Lion’s Head e a Twelve Apostles. No verão, é o point do agito! Também é um ótimo lugar para se almoçar. Terminamos o dia (e jantando) no Grand Africa Beach Club – um dos clubes pé na areia mais charmosos da cidade!

Two Oceans Aquarium

3º dia:

Tomamos café no Four&Twenty, local com uma filosofia sustentável que adoramos! Depois, fomos fazer o passeio para conhecer a Robben Island  a ilha prisão onde o ex-presidente Nelson Mandela ficou, considerada como Patrimônio Mundial pela UNESCO. Compramos os ingressos no dia em que chegamos a cidade (é interessante comprar os tickets com antecedência!). Os barcos que dão acesso a ilha partem do Waterfront as 9h, 11h e 13h. Compramos o ticket do passeio das 9h, que retornou as 13h. Assim, ficamos com a tarde livre para outras atividades. O passeio dura 4 horas – são 3 horas na ilha, meia hora para ir e meia hora para voltar. Almoçamos na Harbor Restaurante no V&A Waterfront, especializado em frutos do mar. A tarde fomos conhecer a Table Mountain, a montanha mais conhecida da região por ter o topo achatado. Está localizada na região central e é facilmente vista de qualquer ponto da região portuária. Estacionamos o carro e pegamos um bondinho para chegar ao topo. Há muitas filas durante a alta temporada e é preciso ter um pouco de paciência durante a visita. Lá de cima o visual é belíssimo! É possível  observar boa parte da Península do Cabo – regiões portuárias, Robben Island, Camps Bay e outras… Sugiro deixar a visita a Table Montain para um dia onde não há nuvens pois a neblina pode encobrir a vista do alto da montanha. Por fim, jantamos no Hudsons hambúrgueres, considerado o melhor da cidade.

Robben Island

4º dia:

Escolhemos o Cascades on the Promedate para fazer um Brunch. Lugar delicioso com ótimas sugestões no cardápio! Em seguida, partimos para o Cape of Good Hope (Cabo da Boa Esperança) em Cape Point, localizado no Table Mountain National Park. A entrada do parque é paga e você receberá um guia para se localizar. Há muito para se ver por lá, mas fomos direto para a famosa placa do Cabo da Boa Esperança, que está localizada na beira da praia. Depois, seguimos para visitar o farol, que fica no ponto extremo da Península do Cabo (o acesso se dá por um trêm funicular ou a pé através de trilhas). Nem preciso dizer que a vista de lá é linda! Por fim, almoçamos/jantamos no Two Oceans Restaurante – ali mesmo no Table Mountain National Park. Foi a refeição com vista mais incrível que já fizemos! Na volta para casa, paramos em Boulders Beach, uma pequena praia na costa leste ao sul da Península do Cabo, famosa por ser o local onde os pinguins escolhem para ser a colônia reprodutiva. A observação dos pinguins pode ser feita na beira da praia, com acesso pago, ou por uma passarela no meio da mata, de forma gratuita. Jantamos no Karibu Restaurant (especializado em comida africana), na V&A Waterfront.

Cabo da Boa Esperança


5º dia:

Acordamos tarde e preferimos fazer um Brunch no Winchester Mansions. Depois, dedicamos o dia para visitar a vinícola Grood Constantia – Wine Farm, a mais antiga da região, que se encontra numa área considerada “o berço do vinho sul-africano”. Fizemos o tour pelo processo de produção e no final, uma degustação de vinhos (com chocolate!). Almoçamos no Jonlershuis Restaurant (alí mesmo na vinícola) admirando os parreirais. Saindo desta região, fomos conhecer a famosa Chapman’s Peak Drive, uma rodovia pelo costão esquerdo de Hout Bay, passando por montanhas, caminhos sinuosos e abismos. Há vários mirantes para parar o carro e observar a paisagem! Também paramos em Hout Bay, uma praia rodeada de montanhas. Fomos também até a zona portuária no canto direito da praia. Lá, há um pier com acesso gratuito :) Retornamos a Cidade do Cabo, parando em Sea point e Green Point para ver o Cape Town Stadium, o estádio de futebol da Cidade do Cabo na Copa do Mundo de 2010. Jantamos no Willoughby and Co no interior do shopping Victoria Wharf.

Grood Constantia

6º dia:

Fomos visitar o Jardim Botânico – Kirstenbosch National Botanical Garden, considerado um dos maiores jardins botânicos do mundo. Passamos a manhã por lá e quando o sol apertou fomos almoçar no Sevruga Restaurant na V&A Waterfront. Perto do meio dia, fomos assistir ao Noon Day Gun, evento que acontece todos os dias as 12h em ponto – O Noon Day Hun nada mais é do que um tiro de canhão como uma forma de lembrança aos tempos da colônia holandesa. A cerimônia acontece no Lion Battery. A tarde, fizemos um passeio de helicoptero sobrevoando durante 30 minutos a Cidade do Cabo. Foi maravilhoso!!!! Fizemos com a empresa Cape Town Helicopters. Ao fim da tarde, fomos ao Green Point Park e assistimos ao pôr do sol na Signal Hill.

7º dia:

Acordamos, arrumamos as malas, tomamos café no Jarryds (considerado um dos melhores cafés da Cidade do Cabo) e fomos para o aeroporto para voltarmos ao Brasil :)

Seguro viagem africa 468x60

Vale lembrar que nosso roteiro foi adpatado para suprir as necessidades e o bem estar de um bebê de 10 meses :)

Leia mais sobre a Cidade do Cabo e arredores:

Facilite sua viagem:

Por
Clarissa
Compartilhe este post
Deixe um Comentário
2 Comentários
  1. […] Roteiro de 6 dias na Cidade do Cabo com bebês […]

  2. […] Foi no final de janeiro deste ano que fomos para a Cidade do Cabo com bebê, mas especificamente para a Cidade do Cabo. Foi nossa primeira viagem internacional com o bebê e como não tínhamos experiência com viagens desse tipo, começamos os preparativos no momento que compramos as passagens (cinco meses antes!). Apesar do medo da estréia dessa nova modalidade de viagem familiar (rsrsrs), acabamos gostando bastante! Principalmente por que as viagens ganharam outro sentido com ele :) Claro, o roteiro precisou ser adaptado para as necessidades do Augusto, mas acredito que conseguimos fazer boa parte do que pretendíamos (Leia: Roteiro de 6 dias na Cidade do Cabo com bebês). […]

Deixe seu Comentário