02 Aug

Como andar de trem na Itália

É muito simples. Na Itália, quem opera o sistema de trem é a Trenitalia. A Trenitalia tem a frota de trens rápidos conhecidos como La Freccia – os trens de alta velocidade. Mas, também tem alguns trens muito debilitados que fazem as linhas regionais.

Os trens da linha La Freccia fazem as linhas entre as principais cidades: Milão – Florença – Roma – Veneza entre outras. Eles tem três categorias dependendo da velocidade. Além se serem mais rápidos são mais confortáveis e os lugares (vagões e assentos) são marcados na hora na compra dos bilhetes.

Os trens tem primeira e segunda classe: a diferença entre elas está no conforto – a primeira classe tem mais espaço entre as poltronas, poltronas maiores e serviço de bordo (depende do trem – ver disponibilidade de serviço na hora da compra do bilhete) e vista panorâmica (também depende do trem e da viagem) e claro, no valor – a primeira classe é quase o dobro da primeira. Eu costumo viajar de segunda classe, que é muito boa também :)

Segunda Classe – Trem da Linha La Fleccia

As estações de trem geralmente estão nos centros das cidades, fácil de se localizar e se locomover. Também são bem amplas e fáceis.

Em cada plataforma, há monitores informando o horário da saída do trem e os destinos. Para saber qual plataforma é a sua, na chegada a estação de trem, haverá um painel com todos os horários, destino e as respectivas plataformas.

Você pode comprar os tickets pela internet no site da Trenitalia (em inglês e italiano) bem facilmente ou nas estações de trem. Nas estações de trem há guichês e maquinas. Tudo simples e prático.

Dica: Quando você comprar bilhetes sem reserva de lugar é preciso validar o cartão em máquinas amarelas que estão dispostas no começo de cada plataforma. É necessário porque o bilhete é válido por cinco dias após a emissão. Se caso o fiscal passar e você não tiver validade, ganhará uma multa de 5 euros.

Fique sempre com seu ticket por perto, pois os fiscais sempre passam para conferir!

As “maquinas amarelas” para validar o ticket:

Máquinas rápidas para comprar tikets:

Os trens tem bares para compra de lanches rápidos e são equipados com ar condicionado. Os horários dos trens são regulares então sempre há muitos horários para muitos destinos e são super pontuais!

Durante o verão italiano e em datas festivas, como o fluxo é muito intenso, não deixe para comprar seu ticket em cima da hora! Geralmente os trens ficam cheios rapidinho.

Outra dica: Fique esperto, pois talvez o seu destino não seja o destino final do trem, e muitas vezes, as paradas não são avisadas – principalmente em alguns trens regionais.

Boa viagem!

Categorias: Itália, Trens
  1. Retta - 19/01/2012

    Always refrseinhg to hear a rational answer.

  2. Nelson Vasconcelos - 02/05/2012

    Soube que nas máquinas rápidas os bilhetes são masi baratos porque não é cobra taxa de conveniência. Vc pode confirmar esta informação? Grato.

    • Clarissa responde - 03/05/2012

      Nas vezes que estive na Itália, sempre pagava o mesmo preço. Só se agora mudou… ;)

  3. Cheguei aqui através do mixtravelclub e achei ótimo conhecer outros blogs! Leio há anos o drieverywhere e agora estou começando meu próprio blog. No ano passado comprei um bilhete de trem de Florença a Sorrento ( base para a Costa Amalfitana) no guichet. Tinha visto no site da trenitalia que o trecho Florença Napoles era pela Frecciarossa e durava 3 horas. Dali mudaria para a Circumvesuviana até Sorrento. Acontece que sem perceber o segundo trecho que me foi vendido era um traslado de ônibus e um alíscafo (barco) até Sorrento. Demorou mais tempo, foi mais caro e parou mais longe do meu hotel. Nunca pensei em comprar uma passagem de trem e receber um barco!

    • Clarissa responde - 23/05/2012

      Obrigada pelo elogio ;)
      As vezes isso acontece. Não por um erro mas porque o trecho é assim. Bom, espero que as paisagens valeram a pena!

  4. Olivio - 02/08/2012

    Legal a matéria, mas corrige ali… a multa por não ter um ticket válido é de 50 euros…

  5. João Vítor - 02/08/2012

    Boas dicas.
    Apenas uma ressalva, eu esqueci o ticket numa viagem de trem, e paguei uma multa de 5 euros + 11 euros (o preço do ticket). Ou seja, não são apenas 5 euros
    Eu estava indo de Milão (Estação Central) para o aeroporto de Malpensa.

  6. Thiago - 03/08/2012

    O preço é sempre o mesmo, seja nas maquinas rapidas na internet ou no caixa. voce so paga mais caro se estiver em cima da hora e nao der tempo de comprar na maquina e voce comprar direto com o controlore ( o homem que pede seu bilhete no trem).

  7. Reynaldo - 25/09/2012

    Olá. Estarei na Italia em 10.2012. Comprei os bilhetes de trem pela RailEurope e recebi em casa. Tenho que validar? Como faço isto? É só colocar na maquina amarela e pronto? Grato

    • Clarissa responde - 07/10/2012

      Qual o tipo do seu bilhete?? Se for aqueles combros vc não precisa. Basta preencher com a data que vc está viajando e pronto! O cobrador que irá validar na hora que ele passar para conferir os bilhetes :) Abraços.

  8. Reynaldo - 25/09/2012

    Desculpe. Li em seu tópico que só são necessários validar os bilhetes sem lugar marcados? Os meus lugares são de trem noturno em uma cabine e estão marcados os lugares.

  9. Luana - 18/11/2012

    Clarissa, quanto tempo antes posso comprar o meu bilhete pela internet? Preciso comprar pra daqui a 1 mês, mas estou tendo dificuldades.

  10. Carlos Moreno - 11/05/2014

    Quero sair de Sorrento para Roma de trem. Posso comprar aqui no Brasil.

    Se puder, como faço?

  11. Francisco Carlos Gava - 08/02/2015

    Viajarei para a Itália em abril e já comprei as passagens de trem pela internet(Trenitalia). Recebi os e-mails com os bilhetes eletrônicos das viagens (inclusive nº de vagão e dos assentos). Não há nenhum código de barras.Preciso trocar por tickets na estação antes de viajar e validá-los nas maquininhas ou posso viajar com esses bilhetes eletrônicos?